4: Regresso ao trabalho

4
Regresso ao trabalho

Qual é o meu papel no ‘processo de regresso ao trabalho’?

Conheça os seus direitos 

A sua entidade empregadora tem a obrigação legal de tratar todas/os as/os trabalhadoras/es de forma igual e oferecer condições apropriadas a pessoas com incapacidades. Isto significa que as entidades empregadoras devem tomar as medidas adequadas para garantir que uma pessoa com incapacidade tenha acesso ao trabalho e disponha de formas de participação equiparáveis às de qualquer outra pessoa.

 É importante conhecer os seus direitos e garantir que está a par da política de regresso ao trabalho da sua empresa caso sofra uma doença ou uma lesão.

A importância da cooperação

Um regresso ao trabalho com êxito exige tipicamente cooperação entre si, a sua entidade empregadora, a entidade prestadora de cuidados de saúde e o/a representante em matérias de saúde e segurança. A sua entidade empregadora deve trabalhar consigo e com as/os profissionais de saúde envolvidos a fim de desenvolver um plano de regresso ao trabalho adequado às suas capacidades. 

Se está num período de baixa prolongada, tente manter-se em contacto com a sua entidade empregadora desde o início. Isto pode significar:

  • Fazer telefonemas ou enviar e-mails regularmente; 
  • Pedir que o mantenham a par do que vai acontecendo no trabalho; e
  • Acordar quais os detalhes da sua doença que podem ser partilhados com as/os colegas e quais devem permanecer confidenciais

De um modo geral, a sua participação ativa no processo de regresso ao trabalho, assim como o esforço para se manter motivado para voltar ao trabalho logo que aconselhável, são fatores importantes para o êxito do seu regresso.

Exemplos de boas práticas