Políticas de redução da incapacidade e das baixas por motivo de doença

Voltar atrás
Políticas de redução da incapacidade e das baixas por motivo de doença
Políticas de redução da incapacidade e das baixas por motivo de doença

Debatendo-se com custos elevados associados às baixas por doença, a administração quis melhorar a saúde geral das/os trabalhadoras/es. Compreendeu que a mudança teria de partir tanto da empresa como das/os próprias/os trabalhadoras/es. A empresa envolveu as/os gestoras/es de topo e as/os trabalhadoras/es na criação de propostas conjuntas de alteração das condições de trabalho e dos estilos de vida. Para trabalhadoras/es com mais de 55 anos foram disponibilizados horários de trabalho flexíveis, maior tempo de recuperação entre turnos, a transferência para outras tarefas/postos e a formação em novas áreas. Foram ainda organizados seminários e controlos de saúde no trabalho.

A administração também recebeu formação para lidar com questões especificamente relacionadas com trabalhadoras/es mais velhas/os. O programa contribuiu para reduzir as baixas por motivo de doença e o número de trabalhadoras/es diagnosticadas/os com invalidez profissional, assim como aumentou a idade de reforma em 3 anos. Estes resultados estiveram relacionados com um aumento de 90% no índice de satisfação das/os trabalhadoras/es.

Ler mais