Gestão da idade

A gestão da idade refere-se às diversas dimensões da gestão dos recursos humanos no seio das organizações com uma atenção explícita ao envelhecimento, bem como, mais genericamente, à gestão global do envelhecimento da população ativa através da negociação coletiva ou de políticas públicas.  

Os princípios fundamentais da gestão da idade incluem:  

  • Uma ênfase na prevenção, em vez de na resolução de problemas já existentes;
  • Uma atenção a toda a vida profissional e a todos os grupos etários, não apenas a trabalhadoras/es com mais idade; e
  • Uma abordagem holística que abranja todas as dimensões que contribuem para uma gestão da idade eficaz. 

(Source)

Caracterização etária

A caracterização etária (ou: análise da estrutura etária) é usada para analisar a estrutura etária de uma organização no presente e no futuro. Os resultados devem ser interpretados à luz do tipo de trabalho e das suas exigências, assim como das políticas e planos de RH da organização. (Source)

Anualização do tempo de trabalho

A anualização ou os esquemas de tempo de trabalho anualizado permitem que o tempo de trabalho do/a trabalhador(a) e o seu pagamento sejam calculados e planeados com base num período de trabalho definido anualmente. Esta é uma forma de promover a flexibilidade do horário de trabalho. (Source)

Idade fisiológica

A idade fisiológica, ou biológica, é uma forma de medir o bom ou mau funcionamento do corpo em relação à idade cronológica.

Doenças crónicas

A maioria das doenças crónicas na Europa são doenças não-transmissíveis e não infeciosas. São de longa duração e, geralmente, de progressão lenta. Os quatro principais tipos de doenças não–transmissíveis são as doenças cardiovasculares (ex: ataque cardíaco), o cancro, as doenças respiratórias crónicas (ex: asma) e a diabetes. (Source)

Idade cronológica

A idade cronológica corresponde à contagem da idade de uma pessoa em unidades de medida (normalmente anos) desde o nascimento até a uma certa data.

Reforma flexível

A reforma flexível consiste em oferecer mais opções aos/às trabalhadores/as quanto às decisões que têm de tomar relativamente à reforma. Isto pode envolver uma alteração dos incentivos para que se reformem mais tarde ou a possibilidade de receber parte das suas pensões de reforma enquanto continuam a trabalhar em horários reduzidos. (Source)

Trabalho flexível

O trabalho flexível permite corresponder tanto às necessidades dos indivíduos quanto às das organizações introduzindo mudanças ao tempo (quando), localização (onde) e modo (como) de trabalho. (Source)

Idade funcional

A idade funcional refere-se ao nível de aptidão funcional de uma pessoa quando comparada com a de outras pessoas da mesma idade cronológica e sexo.

Partilha de emprego

É uma relação laboral em que uma entidade empregadora contrata duas (ou mais) pessoas para ocupar um único posto de trabalho a tempo inteiro. Esta é uma forma de trabalho que assegura que o trabalho que é partilhado tem alguém em permanência para o desempenhar. (Source)

Aprendizagem ao longo da vida

A aprendizagem ao longo da vida diz respeito a todas as atividades de aprendizagem pelas quais um indivíduo passa durante a sua vida com o objetivo de melhorar as suas qualificações, conhecimento e competências. É um conceito abrangente que se refere a uma educação flexível, diversificada e acessível em diferentes horários e locais ao longo da vida. A aprendizagem ao longo da vida abrange todo o espectro de aprendizagens formais, não-formais e informais. (Source)

Saúde mental

A saúde mental é um estado de bem-estar em que o indivíduo tem noção das suas capacidades, consegue lidar com as tensões normais da vida, consegue trabalhar produtivamente e é capaz de contribuir para a sua comunidade. (Source)

Lesões musculoesqueléticas

As lesões musculoesqueléticas relacionadas com o trabalho referem-se a problemas de saúde que afetam os músculos, os tendões, os ligamentos, as cartilagens, os sistemas vascular e nervoso, ou outros tecidos moles e articulações do sistema musculoesquelético. 

As lesões musculoesqueléticas relacionadas com o trabalho estão associadas ao trabalho repetitivo e esforço excessivo. Estes problemas de saúde podem ir desde o desconforto, pequenas dores, até condições médicas mais graves que podem levar a uma incapacidade permanente. (Source)

Idade psicológica

A idade psicológica refere-se ao modo como alguém se sente, age ou comporta. É subjetiva e baseada numa autoavaliação pessoal.

Avaliação do risco

A avaliação do risco é um dos passos no processo de gestão dos riscos de SST que permite identificar perigos potenciais a que as/os trabalhadoras/es podem estar expostas/os, bem como definir as medidas preventivas e corretivas que devem ser implementadas.  É um processo dinâmico que permite às organizações colocar em marcha uma política proativa de gestão dos riscos profissionais. (Source)

Trabalho sedentário

O trabalho sedentário refere-se a trabalhos em que tipicamente se faz poucos movimentos e há um gasto baixo de energia. O trabalho sedentário exige normalmente que um indivíduo esteja sentado durante um longo período de tempo.

Idade social

A idade social reflete as expectativas culturais e sociais sobre como as pessoas de uma certa idade se devem comportar. Esta é uma estimativa das capacidades de relacionamento social de uma pessoa tendo em conta os padrões normais.

Trabalho sustentável

Trabalho sustentável ao longo da vida significa que as condições de trabalho e de vida permitem às pessoas continuar a trabalhar durante um longo período da vida. Estas condições permitem uma adequação entre o trabalho e as características ou circunstâncias do indivíduo ao longo da sua vida, sendo que devem ser promovidas através de políticas e práticas dentro e fora do trabalho. (Source)

Capacidade de trabalho

A capacidade de trabalho pode ser descrita como o equilíbrio entre os recursos individuais e os fatores relacionados com o trabalho. A capacidade de trabalho é também influenciada pelo ambiente fora do trabalho.

Os recursos individuais incluem os seguintes elementos: (1) saúde e capacidades funcionais; (2) competências e habilitações; (3) valores, atitudes e motivação. Os fatores relacionados com o trabalho incluem o conteúdo do trabalho, o ambiente de trabalho, a organização do trabalho e formas de liderança. (Source)

Deficiência

Um(a) trabalhador(a) com deficiência é um(a) trabalhador(a) que tem uma diminuição física ou mental que pode dificultar o seu desempenho laboral. Nos/nas trabalhadores/as com deficiência estão incluídas as pessoas com condições crónicas, prolongadas e progressivas. (Source)

Fatores ambientais

Os fatores ambientais são elementos da vida quotidiana e profissional que podem ter impactos negativos ou positivos na saúde global das/os trabalhadoras/es. Exemplos de elementos negativos incluem fatores químicos (ex: fumos ou gases nocivos), fatores físicos (ex: ruído ou vibrações), fatores biológicos (ex: bactérias, vírus e fungos) ou fatores psicossociais (ex: articulação entre vida profissional e vida familiar).

Reabilitação médica

A reabilitação médica tem como objetivo recuperar as capacidades funcionais ou mentais e a qualidade de vida de pessoas com incapacidades ou deficiências mentais ou físicas.

Perigo ocupacional

Propriedade intrínseca de um fator (profissional) de risco com potencial para causar danos, tais como uma lesão ou doença, ou uma combinação das duas. (Source)

Riscos psicossociais

Os riscos psicossociais incluem aspetos da gestão, conceção e organização do trabalho, e o seu contexto ambiental e social, que podem causar danos psicológicos ou físicos. Questões como o stresse relacionado com o trabalho, violência ou assédio no local de trabalho estão associadas a riscos psicossociais. (Source)

Stresse relacionado com o trabalho

As pessoas experienciam tensões no trabalho quando sentem um desequilíbrio entre as exigências laborais que lhes são feitas e os seus recursos mentais e físicos para lidar com essas exigências. (Source)

Reabilitação profissional

A reabilitação profissional tem como objetivo permitir que as pessoas com dificuldades ou deficiências físicas ou mentais consigam ultrapassar as barreiras existentes no que diz respeito a aceder, manter ou regressar ao trabalho.

Locais de trabalho que promovem a saúde

A promoção da saúde no local de trabalho consiste nos esforços combinados por parte de empregadoras/es, de trabalhadoras/es e da sociedade em geral para melhorar a saúde e bem-estar das pessoas no trabalho. Isto pode ser atingido através da combinação de (1) melhorias na organização do trabalho e no ambiente de trabalho; (2) promoção de uma participação ativa; e (3) incentivo ao desenvolvimento pessoal. (Source)

Empregabilidade

A empregabilidade pode ser definida como ‘a qualidade de ser empregável’ ou a ‘combinação de fatores que permitem o acesso ao trabalho, a sua manutenção ou a progressão em termos de carreira’.

Reabilitação

A reabilitação é um processo que tem como objetivo permitir que as pessoas alcancem e mantenham os seus níveis ótimos de funcionamento físico, sensorial, intelectual, psicológico e social.

Regresso ao trabalho

O regresso ao trabalho é um conceito que engloba todos os procedimentos e iniciativas que tenham como objetivo facilitar a reintegração no local de trabalho de pessoas que tiveram uma diminuição na sua capacidade de trabalho devido a invalidez, doença ou envelhecimento.

Mediana de idades

Idade que divide um grupo em duas metades de dimensão igual. Significa que metade da população é mais jovem do que a idade média e que a outra metade é mais velha. (Source)

EPI

O EPI – Equipamento de Proteção Individual – consiste em todo o equipamento (ex: capacetes, óculos de proteção) concebido para proteger o/a trabalhador(a) de um ou vários riscos profissionais para a sua saúde e segurança, incluindo qualquer acessório para o efeito. O equipamento de proteção visa a proteção do/a trabalhador(a) face aos riscos (tais como: químicos, biológicos, físicos, mecânicos, elétricos, etc.). O EPI deve ser usado quando os riscos não podem ser evitados ou suficientemente reduzidos através de meios de proteção coletiva ou procedimentos de organização do trabalho. (Source)